Charlie Chaplin na Essanay Film
Charlie Chaplin é um dos grandes artistas do século XX e sua longa carreira de mais de 70 anos de actividade e mais de 80 filmes realizados, produzidos e interpretados são reveladores de uma capacidade criadora excepcional e ímpar na história da Sétima Arte. Desta sua longa carreira, o período menos conhecido do actor é o que trabalhou na Essanay Films e onde "apenas" produziu 14 filmes, por vezes considerados obras menores. Embora não sejam realmente obras emblemáticas, são filmes reveladores...
Read post
Até à Eternidade (1953)
Até à Eternidade é baseado no livro com o mesmo nome publicado em 1951 por James Jones. Com mais de 3 milhões de cópias vendidas, o livro foi um sucesso de vendas e de crítica, tendo recebido o National Book Award e catapultou o seu autor para a fama. O sucesso do livro atraiu a atenção dos estúdios de Hollywood, mas devido ao seu tamanho (a edição de bolso tem mais de 950 páginas) e uma linguagem rude, o livro parecia impossível de adaptar ao cinema. Quando o patrão da Columbia Pictures, Har...
Read post
Grande Hotel (1932)
Grand Hotel é um típico exemplo da produção dos grandes estúdios de Hollywood na década de 1930, numa altura em que o studio system começava a dominar a produção cinematográfica americana. Reunindo pela primeira vez um tão vasto conjunto de estrelas, o filme foi pensado, desde o primeiro momento, como um grande espectáculo e a sua estreia foi um verdadeiro acontecimento social. Greta Garbo é a grande estrela entre estrelas, interpretando-se a si própria no papel de uma bailarina num momento m...
Read post
4 Espiões (1936)
Os 4 Espiões é um dos menos conhecidos filmes do realizador Alfred Hitchcock, mas é também um dos seus mais estranhos. O filme tem por base uma peça de Campbell Dixon e as obras de Somerset Maugham The Traitor e The Hairless Mexican, dois dos setes livros que contam as aventuras do agente secreto Ashenden. Maugham era, ele próprio, um espião ao serviço de Sua Majestade e as aventuras de Ashenden são muitas vezes o relato da vida do autor, a ponto de Winston Churchill ter, supostamente, recomen...
Read post
O Declinio da Pathé Frères nos Estados Unidos
No final da década de 1900, o cinema deixou de ser visto como uma novidade e começou a transformar-se numa industria de pleno direito. O melhor exemplo disso mesmo é o número de espectadores semanais nos Estados Unidos: em 1909, 45 milhões de pessoas gastavam 5 ou 10 cêntimos de dólar (dependendo da localização da sala) para assistir a um filme, o que representava receitas de 3 milhões de dólares por semana. Os números tornam-se ainda mais impressionantes se comparados com o presente: em 2005 ...
Read post
Dez de Hollywood
O fim da 2a Guerra Miundial (1939-1945) trouxe bastante tensão entre os aliados Estados Unidos e União Soviética. Esta tensão, que durou cerca de 46 anos e ficou conhecida como Guerra Fria, provocou, nos Estados Unidos, um forte sentimento anticomunista e uma verdadeira "caça às bruxas". O seu epicentro foi o "Comité de Investigação de Actividades Antiamericanas", criado em 1938 pelo congresso Norte-Americano para investigar a actividade de grupos comunistas e fascistas, mas que ganhou força c...
Read post
Historia do Cinema: 1990-1999
Os independentes Imagem do filme independente "O Projecto Blair Witch" À entrada da década de 90, os blockbusters continuavam a dominar Hollywood, mas os seus custos eram cada vez maiores e incomportáveis. Filmes com orçamentos entre os 100 e os 200 milhões de dólares tornaram-se comuns devido aos custos dos efeitos especiais, mas principalmente devido aos salários das estrelas, que podiam atingir os 20 milhões de dólares por filme. Com estes custos grande parte das produções estavam condena...
Read post
Historia do Cinema: 1980-1989
Blockbusters, Parte II: As Sequelas Cartaz da sequela "O Regresso de Jedi" Após se ter reiventado na década anterior, a indústria cinematográfica norte-americana é dominada, nos anos 80, pelos blockbusters e pelas sequelas. Se em 1975 e 1977, Tubarão e Guerra das Estrelas, respectivamente, demonstraram que existia uma vasta camada de público jovem que se sentia atraída por grandes espectáculos cinematográficos, O Império Contra-Ataca e O Regresso de Jedi provaram que o público queria mais do...
Read post
Historia do Cinema: 1970-1979
O Blockbuster Fila de espectádores num cinema em Nova Iorque para assistirem ao filme "Tubarão" A década de 70 foi palco de um conjunto de acontecimentos que alteraram o panorama da indústria cinematográfica norte-americana e, consequentemente, do resto do mundo. Após 25 anos de declínio económico, os anos entre 69 e 71 revelaram-se o fundo de uma crise que alterou por completo a industria. Exemplo dessa crise é o facto da Metro-Goldwyn-Mayer, um dos símbolos da sétima arte, se ter visto obr...
Read post
Historia do Cinema: 1960-1969
O Fim da Censura Sidney Poitier nos bastidores dos Óscares, após ter recebido o prémio para melhor interpretação masculina Os acontecimentos ocorridos nos anos anteriores que transformaram a industria cinematográfica americana (fim do studio system, venda das salas de cinema pelos grandes estúdios e o aparecimento da televisão) pouco alteraram o tipo de filmes produzidos em Hollywood. Aliás, devido à ameaça da televisão, os estúdios apostavam cada vez mais em grandes espectáculos e na década...
Read post
Historia do Cinema: 1950-1959
A Nova Vaga O realizador François Truffaut (1º à esquerda) durante filmagens A década de 50 é marcada pelo acentuar das mudanças provocadas pela II Grande Guerra e revela-se propícia para o desenvolvimento de uma nova mentalidade cinematográfica. Se na Europa tentava-se reconstruir cinematografias com a ajuda do estado, no outro lado do Atlântico a industria cinematográfica enfrentava o estado, nomeadamente nas investigações do Comité de Investigação de Actividades Anti-Americanas e na decis...
Read post
Historia do Cinema: 1940-1949
A influência da II Grande Guerra no panorama cinematográfico mundial A actriz Bette Davies a servir um soldado americano na cantina militar "Hollywood Canteen" A 2ª Grande Guerra Mundial é o grande acontecimento da década de 1940 e está na origem da mudança do panorama cinematográfico mundial, reflectindo-se no número de filmes produzidos e nos temas abordados. Inevitavelmente, a Europa foi onde os efeitos do conflito se mais fizeram sentir: se por um lado grande parte dos países viram a su...
Read post
Historia do Cinema: 1930-1939
O studio system Os estúdios da Metro-Goldwyn-Mayer Os estúdios independentes que, na década anterior, tinham lutado contra o domínio da Motion Pictures Patents Company eram agora quem dominava a industria cinematográfica em Hollywood. Metro-Goldwyn-Mayer, 20th Century-Fox, Warner Bros., Universal Pictures, Paramount Pictures e, numa menor dimensão, Columbia PIctures e RKO Radio Pictures controlavam a maioria das salas de cinema dos Estados Unidos e as centenas de filmes que os “alimentavam”....
Read post
Historia do Cinema: 1920-1929
A era do sonoro "O Cantor de Jazz", a primeira longa-metragem sonora A década de 1920 é marcada pelo espírito do pós-guerra e a diversidade das produções cinematográficas são reflexo disso mesmo. Nos Estados Unidos, os talentos de Charlie Chaplin, Buster Keaton e Harold Lloyd dominam na comédia, Cecil B. De Mille continua a realizar melodramas carregados de sensualidade e os primeiros filmes de gangsters e documentários fazem a sua aparição. Na Europa, as experiências vanguardistas de Man Ra...
Read post
Historia do Cinema: 1910-1919
O início da industria cinematográfica e a influência da I Grande Guerra D.W. Griffith, Mary Pickford, Charlie Chaplin (sentado) e Douglas Fairbanks (à direita) na assinatura de criação da United Artists Depois de nos primeiros anos ser visto como uma novidade, o cinema começa a desenvolver-se e as transformações que ocorrem durante a década de 1910 são os primeiros sinais de uma indústria que viria a marcar intensamente o século XX. A cada vez maior aceitação do cinema pelo público leva ao ...
Read post
Historia do Cinema: 1900-1909
Os nickelodeons Salão de nickelodeons nos Estados Unidos À entrada do novo século, o cinema era uma das mais baratas formas de entretenimento, essencialmente destinada às classes trabalhadoras. No entanto, em 1900, uma greve de artistas de variedades obrigou os donos de teatros a procurarem formas alternativas de entretenimento encontrando nas “imagens em movimento” uma boa opção. Ao mesmo tempo, os nickelodeons proliferavam nas cidades, sendo frequentados essencialmente por trabalhadores em...
Read post
História do Cinema: 1830-1899
Da descoberta da fotografia às imagens em movimento Gravação kinetoscópica de um espirro por Edison O cinema mais não é do que uma ilusão óptica, em que um conjunto de imagens, cada uma ligeiramente diferente da anterior e projectadas num ecrã de uma forma rápida, é interpretado pela mente humana como movimento contínuo. Este fenómeno, designado por persistência da visão, foi uma das invenções e descobertas cientificas ocorridas ao longo do século XIX, que possibilitaram o nascimento do cine...
Read post
Sallie Gardner at a Gallop
Um cavalo a galope coloca as 4 patas simultaneamente no ar? Embora banal nos dias de hoje, a questão era bastante pertinente na segunda metade da década de 1870 e a sua resolução viria a transformar a sociedade, dando origem às “imagens em movimento” e ao cinema propriamente dito. Eadweard Muybridge, um fotógrafo profissional com trabalho reconhecido em imagens paisagísticas, foi contratado pelo, então, Governador da Califórnia e amante de cavalos Leland Stanford, para ajudar a resolver uma a...
Read post